Nossa vida não vale um Chevrolet / audiodescrição

 
  • foto do elenco de Nossa vida não vale um Chevrolet
ANO:
2012
TRABALHO:

Audiodescrição do espetáculo teatral com direção de Adriane Mottola.

CRÉDITOS DA AUDIODESCRIÇÃO:

Roteiro e narração ao vivo: Letícia Schwartz
Consultoria: Marilena Assis

DESCRIÇÃO DA IMAGEM:

O elenco do espetáculo “Nossa vida não vale um Chevrolet” posa para a foto em uma oficina mecânica. Os oito atores estão caracterizados de acordo com seus personagens. Todos vestem roupas brancas ou cinza claro, com exceção de um rapaz à direita da foto, que usa uma camisa vermelha e manchada, com mangas cavadas. Em primeiro plano, na parte inferior direita da foto, há uma grade frontal de carro, da marca Chevrolet.
À esquerda, um rapaz está sentado sobre o capô de um carro. Veste calções pretos e moletom branco sem mangas, com capuz e encara a câmera com expressão desafiadora. A seu lado, sentado em uma banqueta, um rapaz de olhar embriagado, com cabelos cortados à máquina e barba por fazer. Em seguida, em pé, uma mulher magra e loira, que usa um vestido branco curto e decotado e encara a câmera com as mãos na cintura e um ar sedutor. Depois, também em pé, há um homem de cabelos escuros e fartos bigodes, que olha pra um garoto que está agachado no chão. O garoto usa boné com a aba para trás e mostra a língua para a câmera, com a boca muito aberta. Atrás dele, um homem e uma mulher estão em pé, junto a um elevador mecânico que sustenta um carro no alto. O homem usa um chapéu panamá sobre os cabelos ralos, tem bigodes e mosca, um pequeno tufo de barba abaixo do lábio inferior. A mulher, jovem, tem cabelos castanhos e longos, usa maquiagem pesada e brincos de pingente. Veste um bolero de peles, branco, sobre um sutiã vermelho e preto. Está com a perna esquerda dobrada, com o pé apoiado sobre alguma coisa. Calça botas pretas e tem um cadarço preto enrolado na perna. Por fim, sentado no chão, o rapaz de camisa vermelha e manchada, que tem cabelos desgrenhados e barba por fazer. Usa óculos Ray-Ban e tem uma expressão deprimida.