Fassbinder – O Pior Tirano é o Amor com legendas

Publicado por Mil Palavras em com legendas 13 nov 2014

O espetáculo Fassbinder – O Pior Tirano É o Amor, baseado na biografia do cineasta alemão Rainer Werner Fassbinder (1945—1982), terá sessões com legendas em português nos dias 21 e 22 de novembro.

Fotografia de uma atriz do espetáculo Fassbinder – O pior tirano é o amor

Descrição: fotografia de uma mulher vista do pescoço para cima. Ela tem cabelos loiros ondulados, pele muito clara com sardas, olhos verdes e lábios finos com batom vermelho forte. Sua expressão é séria. Em seu pescoço está projetada a sombra de um rosto de perfil com os lábios entreabertos.

A montagem inédita, dirigida por Clovis Massa, com dramaturgia de Diones Camargo, é baseada na biografia de um dos maiores e mais polêmicos cineastas da história, Rainer Werner Fassbinder – autor de dezenas de filmes para o cinema e para TV, além de peças teatrais mundialmente conhecidas. O elenco é formado por Frederico Vittola, Luciano Pieper, Martina Fröhlich, Marcos Contreras, Renata De Lélis, Rodrigo Shalako e Viviana Schames. Quem assina a trilha sonora é Claudio Levitan e Carina Levitan. As sessões com legendas em português serão realizadas nos dias 21 e 22 de novembro,  às 20h. A montagem foi contemplada no edital de Concurso Desenvolvimento da Economia da Cultura – Pró-cultura RS (Fundo de Apoio à Cultura).

Fassbinder – O Pior Tirano É o Amor percorre três momentos distintos da vida do diretor: do adolescente ambicioso ao jovem temperamental, até culminar no adulto desencantado, suas facetas se misturam e se confundem, não apenas entre si, mas também com suas criações, construindo, assim, uma figura fragmentada, ambígua e – por isso mesmo – complexa, tais como os personagens inesquecíveis que ele criou.

Fassbinder realizou 43 filmes ao longo de um período de treze anos e participou como autor, adaptador ou diretor de pelo menos dez montagens teatrais. No entanto, apesar de ter se tornado um dos principais diretores do moderno cinema alemão, sua obra dramática permanece pouco encenada na atualidade. Sua breve, porém intensa, vida foi marcada por escândalos, excessos e amores desesperados – elementos que se tornariam matéria prima para compor suas obras mais controversas. Entre suas realizações mais conhecidas estão As Lágrimas Amargas de Petra von Kant, O Casamento de Maria Braun e Lili Marlene.

Dramaturgia e criação

A dramaturgia do espetáculo foi trabalhada coletivamente, em um processo colaborativo, envolvendo atores, diretor e dramaturgo. Diones Camargo segue uma linha parecida com a já experimentada em algumas de suas montagens anteriores, especialmente em Andy/Edie (2005) e Os Plagiários – Uma Adulteração Ficcional Sobre Nelson Rodrigues (2012). “Em ambas, compus a trama baseando-me em fatos relatados nas biografias de ícones da cultura mundial para mostrar algum aspecto relevante sobre esses personagens históricos e as suas respectivas relações com a arte.” Em Fassbinder – O Pior Tirano É o Amor, “colocaremos o cineasta em cena para, a partir de fatos de sua biografia, deixar entrever algo muito comentado sobre sua faceta pública: o controle como forma de poder criativo e o desgaste físico e psicológico que isso causa no próprio indivíduo que o exerce”.

Fassbinder – O Pior Tirano É O Amor — sessões com legendas em português

Quando: dias 21 e 22 de novembro – sexta e sábado
Horário: 20h
Local: Sala Álvaro Moreyra – Centro Municipal de Cultura (Erico Verissimo, 307)
Ingressos: R$ 20 (Estudantes, idosos e classe artística pagam R$ 10)

Produção: Viviane Falkembach – Íris Produções

Publique um comentário